Por

O caso ocorrido em Tocantins foi considerado tão grave quanto aquele envolvendo as cenas de Bruna Marquezine e Daniel de Oliveira, ano passado, durante a exibição de 'Nada Será Como Antes'. Na ocasião, a Globo prometeu tomar as medidas cabíveis e punir os responsáveis pelo vazamento interno. Mas até hoje ninguém foi responsabilizado oficialmente.

Você pode gostar