A BACANA VIDA DOS AFASTADOS

Por O Dia

Conselheiros afastados do Tribunal de Contas do Estado por suspeita de corrupção chegaram a ser presos em março, mas hoje desfrutam de um estilo de vida invejável. Mesmo sem trabalhar, receberam vencimentos de até R$ 54.257,26 este mês. A quantia foi embolsada por José Mauricio Nolasco e pelo réu confesso e ex-presidente do TCE Jonas Lopes, que se livrou da prisão por delatar o esquema. O teto constitucional estabelecido por lei é de R$ 33,7 mil, valor que recebe um ministro do Supremo Tribunal Federal.

O TCE afirma que não há ilegalidade no excedente de R$ 21 mil pago, já que o abono de permanência e as verbas indenizatórias estão previstas na Constituição.

Os números dos seis

Abaixo, o vencimento bruto recebido pelos conselheiros desde que foram afastados. Jonas Lopes: R$ 267.469 / Nolasco: R$ 267.469 / Jose Gomes Graciosa: R$ 263.463 / Marco Antônio Alencar: R$ 263.463 / Aloysio Neves: R$ 204.045 / Domingos Brazão: R$ 183.740.

Critério

Como a operação que afastou os conselheiros ocorreu em 30 de março, foram levados em conta os meses não trabalhados de abril a agosto (remunerações embolsadas entre maio e setembro).

Na ponta do lápis

O dinheiro pago pelos meses não trabalhados chega hoje a R$ 1,449 milhão. E os cofres públicos vão sangrar ainda mais, já que a Justiça prorrogou o afastamento dos suspeitos por mais seis meses.

Haja ambição

Com um baita salário como esses mostrados, como alguém pode pensar em se corromper para ganhar ainda mais?

Operação Lava Jato

Secretário de Saúde na gestão do ex-governador Sérgio Cabral, Sérgio Côrtes prestará depoimento ao juiz federal Marcelo Bretas amanhã. Miguel Iskin e Sérgio Eduardo Vianna Júnior também ficarão frente a frente com o juiz da Lava Jato. O trio responde por desvios na Saúde.

Bem na fita

O deputado estadual Jorge Felippe Neto (DEM) é cotado para assumir uma vaga no secretariado do prefeito Marcelo Crivella.

Dia do fico

Já o deputado Pedro Fernandes (PMDB) diz que sua provável ida para a Secretaria de Assistência Social não envolve migrar para o PRB de Crivella. "Não vou trocar de partido. Se me convidarem, será por uma questão técnica. Fui secretário quatro vezes, tenho quatro pós-graduações em Gestão, mestrado e estou cursando doutorado", diz.

Ação Civil Pública

Para o vereador Júnior da Lucinha (PSDB) e o advogado Victor Travancas, a questão envolvendo o reajuste do IPTU ainda não acabou. Separadamente, ambos acionam a Justiça para tentar reverter a medida no tribunal.

Já é Natal

O aumento do desemprego fez a Escola de Papai Noel do Brasil antecipar as inscrições para quem pretende faturar uma grana no fim do ano encarnando o Bom Velhinho. Interessados podem se inscrever pelo (21) 3177-0190. É de graça.

Especialistas explicam

Os advogados Antonio Carlos de Oliveira e Gustavo Galvão palestrarão sobre Reforma Trabalhista, amanhã, às 9h, no Hotel Mercure Botafogo.

Comentários