Filha do Pet lança primeiro CD

Ana Petkovic lança 'Mais e Mais' no Solar de Botafogo, e tem parceria com o pai

Por RICARDO SCHOTT

Filha do craque Dejan Petkovic, ídolo do Flamengo, Ana Petkovic, 20 anos, adora futebol e já praticou o esporte. "Só que meu pai ficava falando: 'Ih, futebol não é pra garotas'. Mas joguei futebol, basquete, nadei...", conta ela, que de qualquer jeito, prefere mesmo é cantar e compor, e fez disso sua profissão. Lança o primeiro álbum, 'Mais E Mais', amanhã com um show no Solar de Botafogo. E se você não imagina que o pai dela tem algum tipo de envolvimento com música, supresa: o próprio Pet sugeriu os nomes dos produtores (Línox e Max Viana, amigos do jogador) e ainda coescreveu uma música, 'Sueños'.

"Estava compondo a música, que tem letra em espanhol. Ele pediu para ouvir, pedi para ele me dizer o que achava, e ele acabou escrevendo a primeira parte da música", conta ela, orgulhosa. Apesar de falar vários idiomas (ela mora atualmente em Belgrado, na Sérvia, e fala português com leve sotaque), Ana prefere mesmo é cantar em português e preferiu privilegiar o idioma no repertório do disco.

"Eu ia lançar um disco com músicas em inglês mesmo. O Linox e o Max foram fundamentais para que eu percebesse que poderia cantar na língua", conta ela, que comparece com outras músicas autorais, como 'Cada Dia', e também um presente do produtor Max (a faixa-título). No show, além do repertório do CD, entram músicas como 'Velha Infância' (Tribalistas) e 'Quase Um Segundo' (Paralamas do Sucesso).

E não, mesmo conhecendo vários lugares do mundo (ela nasceu em Madri, na Espanha e viveu na China e na Arábia Saudita), Ana não se anima a fazer carreira fora daqui. "Na Sérvia não daria para fazer carreira. A música pop de lá é muito diferente da que se ouve aqui e do que eu faço. É algo muito particular do país".

É O PET!

Ana é flamenguista e estava no jogo de despedida do pai em 2011, quando a torcida do Flamengo fez um mosaico com as cores da Sérvia. "Era o maior orgulho quando eu via a torcida gritando 'é o Pet, é o Pet, é o Pet!' Tenho a camisa dele desse jogo e tem sempre gente que deve se perguntar: 'O que ela está fazendo com essa camisa?', conta, brincando. "Eu inclusive vou ao primeiro jogo da final da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro, na quinta".

Galeria de Fotos

Ana Petkovic, cantora, com o pai, o jogador Petkovic Divulgação
Ana Petkovic, filha do craque Petkovic, faz show no Solar de Botafogo Marcos Hermes

Últimas de Diversão