Aposta na Zona Norte

Bairros da região estão entre os que mais recebem lançamentos no Rio, diz estudo

Por Cristiane Campos

Tao Empreendimentos investe no Highline, em construção em Vila Isabel
Tao Empreendimentos investe no Highline, em construção em Vila Isabel - Divulgação

A Zona Norte vem conquistando um espaço cada vez maior no mercado imobiliário. Construtoras investem em projetos completos, que incluem lazer de condomínio-clube e segurança 24 horas. Mais do que apenas uma constatação do setor: números mostram que a aposta está aumentando na região, mesmo em tempos de crise. No primeiro semestre de 2016, foram lançadas 1.606 unidades na área, quase o triplo de 2015, com 552 lançamentos. O índice faz parte de um levantamento feito pela Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-RJ).

Neste ano, a expectativa permanece positiva. Segundo levantamento feito pela Ademi-RJ, a região está em segundo lugar no número de lançamentos, atrás apenas da Zona Oeste, que já registrou baixa em 2016, quando somou 631 novas unidades de janeiro a julho. Uma queda brusca em comparação a 2015, quando a região recebeu 2.563 unidades, em decorrência das Olimpíadas.

Em meio a esse cenário, as construtoras procuram identificar as preferências do público. A Avanço Realizações Imobiliárias, em parceria com a Belarte Investimentos Imobiliários, vai promover a primeira edição do Festival Imobiliário da Zona Norte, em Irajá, no dia 16 deste mês. Mais de 70 apartamentos estarão disponíveis, com preços a partir de R$ 389 mil. São imóveis localizados nos bairros do Cachambi, Engenho de Dentro, Irajá e Vila da Penha. "No local, será possível aprovar o financiamento na hora e sair de lá de casa nova", afirma Sanderson Fernandes, diretor da Avanço. Segundo ele, o carro e o FGTS podem ser usados no pagamento.

A Living investe na Zona Norte com o Living Special, entre Cachambi e Méier. "A Zona Norte passou por uma expressiva valorização nos últimos anos. Neste ano, já fizemos outro lançamento na região e vemos com bons olhos essa fase de aquecimento do mercado local. Os valores estão de acordo com o mercado e é uma grande oportunidade para quem está à procura de um novo lar", afirma Thiago Athayde, gerente de Incorporação da Living. Também no Cachambi, a Even inaugura o apartamento decorado do Trend Up Norte. O empreendimento terá 168 unidades com apartamentos de um, dois e três quartos, cobertura duplex e unidades Garden.

Para o presidente da Patrimóvel, Rubem Vasconcelos, o Cachambi está transformando o mercado imobiliário em um celeiro de oportunidades. "É uma ótima área, com shoppings, opções de transportes públicos, vias expressas, imóveis com um e dois quartos, além de preços diferenciados", comenta o presidente.

A Tao Empreendimentos está comercializando o empreendimento Highline, em construção em Vila Isabel, bairro onde a empresa já conta com dois condomínios prontos: o Primavera (residencial) e o Bouleverd 28 Offices (unidades comerciais). A empresa investiu ainda em Madureira com o Sinfonia Residencial Club, além da Penha e da Vila da Penha. "Todos os nossos empreendimentos estão em localizações consolidadas, foram sucesso de vendas e se transformaram em marcos na região", afirma Tanit Galdeano, presidente da Tao.

Empresa oferece sistema de obra por administração

Além das unidades na planta que são vendidas pelo agente bancário, modelo padrão de financiamento, a compra da unidade por meio do sistema de obra por administração (sem juros, nem saldo devedor), também está disponível na Zona Norte do Rio.

A ArtLar Engenharia, por exemplo, está lançando o Funtastic Easy Residence, no Engenho de Dentro, ao lado do estádio Engenhão.

Ao todo, serão apenas 70 apartamentos, todos de dois quartos e com diferenciais para atrair o cliente. Como armários em todo o apartamento, piso e rodapés de porcelanato, preparação para ar Split em todo apartamento, sanca na varanda com iluminação de LED e nicho (porta sabonete e shampoo) no banheiro, além de fachada 100% revestida, o que contribui significativamente para reduzir com gasto de manutenção e diminuição de calor interno.

O presidente da ArtLar, Neri Santos, explica que a construção é basicamente artesanal. "Pensamos em cada detalhe e nas condições de pagamento que se encaixe na realidade que vivemos hoje. Por isso, a obra é a preço de custo, sem juros e sem comprovação de renda", esclarece.

Galeria de Fotos

Condomínios contam com área de lazer Divulgação
Empreendimento na Vila da Penha Fotos: Divulgação
Tao Empreendimentos investe no Highline, em construção em Vila Isabel Divulgação

Comentários