BOTAFOGO

Por O Dia

GATITO FERNÁNDEZ: Bem quando exigido, com duas belas defesas. Sem culpa no gol do Grêmio. NOTA 7

ARNALDO: Teve dificuldades para conter as investidas do Grêmio. Poderia ter tentado apoiar mais o ataque. NOTA 6

JOEL CARLI: O xerifão alvinegro se impôs na bola e no coração. NOTA 7,5

IGOR RABELLO: A mesma eficiência e dedicação do companheiro de zaga. Quase marcou de cabeça, mas fez falta boba no lance do gol gremista. NOTA 6,5

VICTOR LUIS: Lutou muito na defesa, se esforçou no ataque e deu trabalho ao Grêmio. Quase marcou em cobrança de falta. NOTA 7,5

RODRIGO LINDOSO: Atuação segura, com a habitual disposição. NOTA 7

BRUNO SILVA: Solidário, mas afoito, teve mais acertos que erros. Lutou muito e ainda mandou uma bola na trave. NOTA 8,5

MATHEUS FERNANDES: Discreto no apoio ao ataque, ficou mais preocupado em marcar, mas falhou na jogada em que Barrios fez o gol do Grêmio. NOTA 6

LEONARDO VALENCIA: Entrou e tentou dar mais dinâmica ao meio-de-campo alvinegro. NOTA 6

JOÃO PAULO: Bem na marcação,ainda tentou criar jogadas, mas pecou no excesso de força e levou cartão amarelo. NOTA 6

BRENNER: Entrou, mas pouco apareceu. NOTA 5

RODRIGO PIMPÃO: Muita transpiração e alguma inspiração. Mas pecou pela ansiedade. Sumiu no segundo tempo. NOTA 5,5

GUILHERME: Entrou com a missão de tornar o Botafogo mais ofensivo, mas ficou devendo. NOTA 6

ROGER: Isolado, ficou muito preso à marcação. NOTA 6

Comentários

Últimas de Esporte