Sem dormir no ponto

Time tem apoio da torcida no aeroporto para dar a volta por cima e se classificar para a Libertadores de 2018

Por O Dia

O dia seguinte do Botafogo após a eliminação na Libertadores teve poucos sorrisos e abatimento por parte de jogadores e comissão técnica. O sonho de conquistar o título inédito acabou no gol de Barrios, mas não foi capaz de apagar a chama da torcida alvinegra. Ontem, aproximadamente 20 botafoguenses foram ao Aeroporto Santos Dumont recepcionar o time com aplausos e cânticos de apoio os jogadores retribuíram com gentileza e posaram para muitas fotos, mas não falaram com a imprensa. E o otimismo da galera é fácil de ser explicado.

Com 37 pontos, o Botafogo ocupa a sétima colocação do Brasileiro, mesma pontuação do Cruzeiro, que está no G-6. De acordo com o site 'Infobola.com', o time tem 54% de chances de se classificar para a Libertadores de 2018. E essa porcentagem certamente vai aumentar, já que Flamengo e Cruzeiro, finalistas da Copa do Brasil, podem abrir mais uma vaga caso o campeão termine o Brasileiro entre os seis primeiros colocados.

O desempenho dentro de casa pode ser determinante para a classificação para a competição continental. Até o momento, o Botafogo fez 12 partidas como mandante, com sete vitórias, dois empates e três derrotas. Os sete jogos que lhe faltam fazer em casa são, na teoria, de baixa dificuldade, já que enfrentará só dois times que estão atualmente no G-6 (Corinthians e Cruzeiro), além do clássico com o Fluminense Vitória, Chapecoense, Atlético-GO e Atlético-PR são os demais adversários.

PODER DE FOGO CONTESTADO

Mas o Botafogo tem uma barreira a derrubar e provar a seus torcedores que pode ser eficiente na hora da decisão. Nos dois duelos mata-mata em que foi eliminado este ano (contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, e Grêmio, na Libertadores), o time não balançou a rede, ou seja, foram 360 minutos em branco.

Nas duas ocasiões, quando decidiu a classificação fora de casa, o Botafogo ficou no 0 a 0 em casa e foi derrotado por 1 a 0 longe de seus domínios. Algo bem diferente quando se dá ao contrário. Contra o Nacional-URU, pela Libertadores, foram duas vitórias: 1 a 0 e 2 a 0. Enquanto na Copa do Brasil, o time teve tranquilidade para fazer 3 a 0 no Atlético-MG após perder por 1 a 0 na ida.

Galeria de Fotos

Pimpão cumprimenta um torcedor que foi ao aeroporto vestido de palhaço Marcio Mercante
Desembarque dos jogadores do Botafogo no Aeroporto Santos Dumont após a derrota na libertadores para o Grêmio. fotos: Marcio Mercante

Comentários

Últimas de Esporte