EMILY É DEMITIDA DA SELEÇÃO

Por O Dia

A técnica Emily Lima (foto) foi demitida do comando da seleção feminina de futebol, ontem, após uma reunião com o presidente da CBF, Marco Polo del Nero. A entidade optou pela saída da treinadora depois de quatro derrotas consecutivas, incluindo uma por 6 a 1 para a seleção australiana, mesmo que atletas tenham pedido a sua permanência. O nome mais cotado para substituir Emily é o do técnico Vadão, que comandou a equipe durante a Olimpíada de 2016 e deve ser anunciado na próxima semana. O próximo compromisso da seleção brasileira feminina é a Copa América, em abril, que garante vaga na Copa do Mundo de 2019, na França, e nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Comentários

Últimas de Esporte