ATLETA JOGA, JUIZ APITA

Por O Dia

As 17 regras do futebol são simples, objetivas e de fácil aplicação. Para perfeito domínio delas existe a mais importante e que não está elencada, a chamada Regra 18, que é o bom senso. Jogadores cometem infrações e cabe ao juiz coibi-las, simples assim. Depois do famigerado gol do Jô (foto) feito com o braço contra o Vasco, os politicamente corretos saíram das tocas para aproveitando o efeito Rodrigo Caio, que se acusou livrando o mesmo Jô de punição iniciar campanha para que todos se acusem ao cometer faltas capitais. Claro que se trata de utopia, sonho, mas tem os seus efeitos. Jogadores arguidos sobre o que fariam em certas situações ficam amarrados às palavras e suas declarações arquivadas para serem usadas no futuro, nas contradições. Se cada jogador erguesse o braço se acusando a cada ato irregular, os juízes seriam dispensáveis. Seria como inventar sinal luminoso com apito, Guardas de trânsito perderiam o emprego.

Comentários

Últimas de Esporte