Semana livre, mas de muito trabalho no Botafogo

Jair Ventura coloca o grupo para ralar e tenta encontrar novas formações táticas para o time na reta final do Brasileirão

Por O Dia

A atividade com duração de mais de duas horas foi um sinal de que o Botafogo tem aproveitado a rara semana livre para trabalhar pesado. Líder do returno do Brasileiro, o Glorioso promoveu testes de olho no confronto com o Vitória, domingo, no Nilton Santos. No treino técnico, Brenner foi observado o tempo todo no lugar de Roger, suspenso.

Leo Valencia e Marcos Vinícius também foram testados entre os titulares e têm chances de iniciar a partida no domingo. Após emplacar a sequência de quatro vitórias no Brasileiro, o Botafogo quer explorar o fator casa para se consolidar na zona de classificação da Libertadores nas próximas duas rodadas contra Vitória e Chapecoense. Em sexto lugar, a equipe está a três pontos do G-4.

"Pensamos jogo a jogo, sempre foi assim, desde o início do ano. Jogamos cada partida como uma final. Não devemos olhar lá para a frente porque podemos tropeçar", avaliou João Paulo.

REFORÇOS CASEIROS

Antes de a bola rolar no treino técnico, o preparador Ednílson Sena não aliviou os jogadores. O trabalho foi intenso, apesar do forte calor. Poupados na atividade de terça-feira, Victor Luis, Rodrigo Lindoso e Bruno Silva voltaram a treinar com o grupo ontem.

Em contrapartida, Luis Ricardo e Guilherme treinaram apenas na academia. Em recuperação de uma pancada no joelho, Rodrigo Pimpão, poupado contra o Coritiba, participou do treino físico, mas não trabalhou com bola.

A expectativa da comissão técnica é que o atacante esteja apto para enfrentar o Vitória. Arnaldo e Roger, suspensos, são as únicas baixas confirmadas para domingo.

"Perdemos dois jogadores importantes (Arnaldo e Roger). Ainda não sabemos quem vai jogar. Mas tenho certeza de que o Jair vai escolher o melhor para o Botafogo", afirmou João Paulo.

A partir de hoje, o técnico Jair Ventura deve começar a esboçar de vez a equipe que enfrentará o Vitória. Lindoso, Leo Valencia e Marcos Vinícius disputam uma vaga no meio de campo. O comandante alvinegro deve levar esse mistério até o domingo.

RETORNAR À LIBERTADORES É O OBJETIVO

O bom momento do Botafogo no Brasileiro tem ajudado a aliviar a tristeza pela eliminação na Libertadores. De volta ao G-6, a equipe está no caminho para buscar a classificação para a competição sul-americana pelo segundo ano seguido. Com os pés no chão, João Paulo citou os planos alvinegros.

"Não falamos em obrigação. Temos um objetivo traçado, e com um foco definido fica mais fácil alcançá-lo. Temos esse objetivo de voltar à Libertadores. Estamos em uma crescente, queremos manter essa série de vitórias que pode nos ajudar lá na frente. Não queremos criar uma expectativa muito grande, pensar lá na frente, porque podemos tropeçar. Pensamos jogo a jogo", afirmou João Paulo.

Comentários

Últimas de Esporte