Já são 96 os mortos pelo tremor no México

Por O Dia

O número de mortos pelo terremoto de 8,2 graus de quinta-feira no México, o mais intenso em um século no país, subiu para 96 ontem, após a confirmação de novos óbitos no estado de Oaxaca, informou a presidência. Eduardo Sánchez, porta-voz da Presidência, confirmou o novo balanço, depois que o governador de Oaxaca informou na televisão local sobre as novas vítimas no estado.

O governo afirmou que as tarefas de emergência prosseguem, com a distribuição de dezenas de milhares de pacotes de alimentos, mantimentos, leite, cobertores, entro outros, nas zonas afetadas, principalmente Chiapas e Oaxaca.

Muitos moradores, no entanto, que viram suas casas reduzidas a escombros, estão desesperados e reclamam da lentidão da ajuda. "Continuamos sem água e sem luz, dormimos com as crianças do lado de fora, ninguém veio nos ajudar", declarou María de los Ángeles.

Últimas de Mundo & Ciência