Infinitamente mais poderosa do que a de Hiroshima

Por O Dia

As bombas H, de hidrogênio, do tipo que a Coreia do Norte afirma ter testado com sucesso e agora ameaça explodir fora do seu território, têm poder infinitamente superior às bombas A, tais como as lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki na Guerra Mundial em 1945.

Segundo o site 38 North, da Universidade Johns Hopkins, de Washington, o teste nuclear do dia 3 foi de uma potência de 250 kilotons, 16 vezes a da bomba atômica de Hiroshima.

As bombas A liberam energia desencadeada pela fissão de elementos como urânio ou plutônio. As de hidrogênio ou termonucleares utilizam em primeiro lugar a técnica de fissão e, em seguida, a de fusão nuclear em reação em cadeia. Libera-se energia superior às temperaturas e pressões mais elevadas do centro do Sol em questão de segundos.

O poderio da maior bomba de hidrogênio já detonada, a soviética 'Tsar Bomba', em 30 de outubro de 1961, acima do Ártico, foi de 57 megatoneladas, um poder, teoricamente, cerca de 4.000 vezes maior do que a bomba de Hiroshima.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência