ONG e artistas fazem campanha contra morte e maus tratos de gatos no Maracanã

Defensores de animais criaram a hashtag '#sosgatosmaracana' na Web

Por O Dia

teste de foto
teste de foto - Reprodução Internet

Rio - O aumento do número de gatos mortos dentro do Maracanã tem preocupado grupos defensores de animais. Nesta quinta-feira, a ONG Centro de Reabilitação Pata Amiga denunciou o caso nas redes sociais. Segundo a organização, o complexo esportivo reúne pelo menos cem gatos.

"Não podemos permitir que as vidas sejam retiradas de uma forma tão cruel. Os gatos do Maracanã pedem socorro", escreveram os integrantes da ONG no Facebook.

Após a denúncia, o grupo promoveu uma campanha com a criação da hashtag '#sosgatosmaracana'. A ação recebeu apoio de diversos artistas, como as atrizes Heloísa Périssé, Maria Clara Gueiros e Paula Burlamaqui, além do ator Evandro Mesquita.

Os internautas também se comoveram com as mortes e lamentaram a situação nas redes sociais. "Como existe gente cruel nesse mundo", disse um deles. "Matar animais é o ato mais covarde que existe", definiu outro.

A Subsecretaria de Bem Estar Animal informou que está investigando a denúncia e que entrou em contato com o diretor do Maracanã para tomar as medidas cabíveis. Já a Polícia Civil disse que a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) está "realizando diligências para apurar o ocorrido".

Em nota, a Concessionária Maracanã S.A. informou que não registrou nenhuma ocorrência de maus tratos a gatos dentro das dependências do estádio e "irá apurar a denúncia relatada, com vistorias em todos os locais sob sua responsabilidade".

"A Concessionária reafirma seu compromisso de manter e zelar pelo Maracanã, com absoluto respeito às pessoas e aos animais. A Concessionária também esclarece que no entorno do estádio existem instalações que não são áreas de sua atuação. A Concessionária se coloca inteiramente à disposição das entidades protetoras dos animais para ajudar na apuração", completou.xxxxxxxxxxxxxxx

 

Galeria de Fotos

teste de foto Reprodução Internet
Heloísa Périssé também participou da campanha contra a morte de gatos no Complexo do Maracanã Reprodução Facebook

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro