Clínica da Família em Realengo

Nova unidade, a 117ª no estado, tem capacidade de realizar 4 mil consultas por mês

Por O Dia

O prefeito Marcelo Crivella inaugurou ontem a Clínica da Família Romulo Carlos Teixeira, no Campo do Periquito, em Realengo, na Zona Oeste. A nova clínica é a 117ª no estado. Segundo a prefeitura, a unidade tem capacidade de realizar 4 mil consultas médicas mensais e vai beneficiar 35 mil pessoas.

O secretário Municipal de Saúde, Marco Antônio de Mattos, lembrou que essa é a terceira Clínica de Família inaugurada pela prefeitura nos últimos dois meses. As outras foram abertas em Paciência e Santíssimo. Segundo ele, com a nova clínica, a região, que tem 670 mil habitantes, passa a contar com 83,8% de cobertura de saúde da família, oferecida em 15 clínicas da família, 11 centros municipais de saúde e uma policlínica. O nome da nova unidade é uma homenagem a Romulo Carlos Teixeira, líder comunitário da região falecido em 2009.

No mês passado, 11 clínicas da família foram alvos de rumores de que fechariam as portas. Funcionários de várias Organizações Sociais (OSs) que fazem a gestão das unidades fizeram manifestação, alegando terem recebido aviso prévio. No entanto, o prefeito negou que o município iria fechar qualquer unidade de saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde reiterou que nenhuma das clínicas foi fechada. E acrescenta ainda que atualmente, os repasses às OSs que administram os contratos de gestão da Estratégia Saúde da Família continuam recebendo os pagamentos conforme o calendário publicado em Diário Oficial. Os contratos estabelecem também que as OSs não podem interromper serviços.

Últimas de Rio De Janeiro