Bônus de R$ 2 mil para policiais e guardas de Niterói

Prefeitura pagará gratificação aos agentes em reconhecimento pela redução de homicídios na cidade no primeiro semestre de 2017

Por O Dia

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PV), pagará gratificação de R$ 2 mil para os dois mil policiais militares, civis e guardas municipais que atuam na cidade. A medida, em reconhecimento à redução de índices de homicídio, foi anunciada em 16 de agosto e aprovada em plenário na terça-feira, mas ainda tramita na Câmara Municipal. O texto voltará ao órgão até amanhã para publicação.

O benefício será pago aos policiais civis de todas as distritais e Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), policiais do 12º BPM (Niterói) e toda a equipe da Guarda Municipal.

De acordo com a prefeitura, a gratificação será dada por reconhecimento dos profissionais em relação à redução de homicídios na cidade, no primeiro semestre deste ano. Neves salientou que um programa de metas com relação aos índices criminais está em estudo.

"Neste primeiro semestre, tivemos vários índices que não são satisfatórios, como roubo a transeuntes, roubo de veículos e a residências. Mas tivemos redução da letalidade violenta, sobretudo homicídios e latrocínios", afirmou o prefeito.

Ele informou ainda que nas cidades vizinhas esse índice aumentou em torno de 20%. "Aqui em Niterói, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), tivemos queda de 22% nos índices relacionados a crimes contra a vida", completou.

Segundo Neves, apesar de segurança pública ser uma atribuição do governo do estado, o município vem adotando uma série de ações no combate à violência. Uma delas é a criação do programa Niterói Presente, nos moldes do Lapa, Méier e Centro Presente, ainda sem data para vigorar e com financiamento totalmente municipal.

"Evidentemente que não estamos satisfeitos com o fenômeno da violência e problemas da segurança pública, mas acreditamos que este auxílio também será um estímulo importante para esses profissionais que têm atuado de forma dedicada mesmo em um cenário de grave crise administrativa e fiscal do estado", declarou Rodrigo.

Para o município, essas iniciativas fazem com que os profissionais trabalhem de forma cada vez mais integrada. "Principalmente para reduzir os índices de roubos de veículos, a transeuntes e a residências, que ainda são alarmantes na Região Metropolitana, inclusive em Niterói", finalizou o prefeito.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro