Governos se unem para alavancar o turismo do estado

Programa prevê apoio a 100 eventos

Por O Dia

Na tentativa de impulsionar o turismo, o estado ganhará um projeto de incentivo traduzido em um calendário anual de eventos. O lançamento do programa federal 'Rio de Janeiro a Janeiro', que tem por objetivo viabilizar a realização de cerca de 100 eventos nas áreas de turismo, esporte, cultura e negócios, ocorreu ontem pela manhã no Parque Olímpico. De acordo com o governo federal, o calendário, idealizado por empresários do setor de entretenimento com o apoio da Prefeitura do Rio e do governo do estado, deve aumentar em 20% o fluxo de turistas até o fim de 2018, gerando 170 mil empregos e injetando R$ 6,1 bilhão na economia da cidade.

A iniciativa faz parte do Programa Federal de Apoio à Recuperação do Rio, formado por três frentes de atuação: segurança pública, recuperação fiscal e desenvolvimento. O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, lembrou da importância do Rio para a imagem internacional do país. "O povo brasileiro ama o Rio, e nós queremos que o Rio dê certo. Ele é o nosso cartão-postal e traduz a imagem do Brasil. Temos que fazer com que seja um local seguro", ponderou.

O prefeito Marcelo Crivella reforçou a necessidade de um esforço integrado para reduzir a violência. "Quando sediamos um evento que é do Brasil, a segurança vem para cá. É claro que as pessoas vão questionar a agenda da educação e saúde. Mas, hoje, a grave questão da segurança pública deprime o turismo", lembrou.

Um grupo de trabalho com subsídios da prefeitura, do governo estadual e de empresários realizou levantamento de eventos recorrentes e inéditos, que foram avaliados pela Fundação Getúlio Vargas de acordo com cinco critérios: atrações turísticas, investimentos, capacidade de geração de negócios, emprego e renda, inclusão social e potencial de continuidade e expansão. Entre os eventos do calendário estão o Réveillon de Copacabana, o Carnaval de Rua e os desfile na Marquês de Sapucaí.

Empresários do setor de entretenimento poderão inscrever projetos por meio de um formulário disponível na página do Ministério da Cultura (www.cultura.gov.br) entre os dias 16 de novembro e 15 de dezembro. A FGV analisará as propostas com base nos cinco critérios, e o resultado sai em janeiro. Os eventos que receberem a chancela do 'Rio de Janeiro a Janeiro' poderão receber apoio do governo federal através de patrocínios de estatais e do uso de leis de incentivo à cultura e ao esporte.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro