Aulas recomeçam, e Crivella anuncia mais projetos

Por O Dia

Aos poucos, os moradores da Rocinha vão retomando as suas rotinas. Ontem, 3.400 alunos de seis escolas, duas creches e um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) voltaram às aulas. Além disso, quem precisou ir à UPA, à Clínica da Família e ao Centro de Atenção Psicossocial (CAP) ficou contente com as reaberturas. As unidades estavam fechadas desde o início dos confrontos. "Graças a Deus a UPA reabriu. Eu moro no alto da comunidade e estava há dias sem conseguir pegar os meus remédios para pressão alta", disse a dona de casa Tereza Márcia de Oliveira, de 61 anos.

Pelo segundo dia consecutivo, o prefeito Marcelo Crivella visitou a comunidade, desta vez para "celebrar um momento de paz", como disse aos moradores. Ele anunciou a criação de uma Nave do Conhecimento, em data e local ainda a serem definidos. Nas instalações serão disponibilizados internet e cursos na área de tecnologia para a população.

De acordo com a prefeitura, dos R$ 15 milhões que começarão a ser investidos na Rocinha, cerca de R$ 4 milhões serão usados para fazer obras nas encostas, antes da chegada do verão. "Alguns bairros aqui têm risco de deslizamentos", prometeu Crivella.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro