A deseducação vai além do gol de mão

Por O Dia

Lances polêmicos como é o caso do gol do Jô na vitória do Corinthians sobre o Vasco no domingo geram infindáveis discussões envolvendo não só o equívoco do árbitro, mas também cobrando dos atletas e outros profissionais, como os treinadores, um reconhecimento que teriam sido beneficiados pelo erro. No entanto, situações como um certo anúncio de posto de combustível e patrocinador da transmissão passa ao largo de possíveis questionamentos. Na cena, jovens são arguidos como que em um concurso televisivo e, de fora, um 'frentista', por telefone, passa 'cola' a um dos concorrentes, como péssimo exemplo de deseducação.

Antonio Francisco da Sila

Catete

Comentários