Batida do Primo: um brinde à tradição e ao sabor de sucesso

Umas das casas mais antigas da famosa 'batida' faz sucesso na região desde 1954. São mais de 25 sabores diferentes da bebida

Por O Dia

A Casa Rosa, ou Batida do Primo, já é conhecia e famosa na região. Mais conhecidas ainda são as batidas vendidas no local. São mais de 25 sabores, combinados com polpa de frutas, leite condensado e cachaça. Uma trajetória que começou há mais de 65 anos, em 1954, em Nilópolis.

A história começou em família. Para melhorar o rendimento, o casal de comerciantes Jayme Teixeira Gomes, mais conhecido como o Primo, e a esposa, Genny Laudelina da Silva, tiveram a ideia de misturar licor de cacau com leite condensado, e vender a bebida. Com o sucesso de vendas, Genny criou novos sabores utilizando frutas e cachaça, e assim nascia a Batida do Primo. Anos mais tarde, em 1990, a família inaugurou a Casa Rosa, onde as batidas, que já eram vendidas em todo o estado, passaram a ser produzidas.

"A Batida do Primo é uma referência. Como era desejo do Primo, a fórmula das bebidas continua preservada, assim como o atendimento personalizado. Recebemos pedidos de diversos lugares", afirma Gabriel Belino, da equipe do Primo.

Dentre os mais de 25 sabores de batidas Na Casa Rosa, as preferidas são as mais antigas e tradicionais Amarulinha e Calcinha de Nylon (morango). A novidade da casa também está fazendo sucesso: Mirella (sorvete blue ice). Os sabores maracujá, coco e amendoim também atraem a atenção. Além disso, os clientes encontram mais de 10 sabores de licores. A garrafa de 900ml da batida custa R$ 13, já os licores saem por R$ 16.

A Batida do Primo fica na Avenida Roberto Silveira 984, em Olinda, Nilópolis. As encomendas podem ser feitas pelos telefones: 99907-1961, 2792-9405 ou 2691-1525.

Comentários