Cabo Frio cria programa de incentivo à leitura inusitado

O projeto Fome de Saber utiliza antigas geladeiras para abrigar livros e revistas

Por LUIZ ALMEIDA

Uma campanha de incentivo à leitura um tanto inusitada. A Secretaria de Cultura de Cabo Frio acaba de colocar em prática um programa que utiliza antigas geladeiras como estantes de livros todas elas são customizadas por grafiteiros locais. Batizado de Fome de Saber, o projeto já conta com as três unidades devidamente instaladas. A intenção é espalhar várias outras em diferentes pontos da cidade até o fim de 2017.

Tendo como objetivo estimular o hábito da leitura, o Fome de Saber é inspirado em um projeto similar da cidade de Brasília e é fruto de uma parceria com a Lago Tintas, empresa que fornece as tintas utilizadas na customização das geladeiras-estantes. Todos os grafiteiros que participam do projeto foram treinados pelos professores Cristiano Cardoso e Bia Vieira, do grupo Tô na Rua.

Duas das geladeiras-estantes foram instaladas no Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança. Elas foram colocadas no setor de marcação de consultas e no de internação para que sejam usadas como passatempo para acompanhantes e pacientes da unidade de saúde. Uma terceira está na loja Lago Tintas, na Avenida Joaquim Nogueira, em São Cristóvão.

De acordo com a Secretaria de Cultura, não vai ser colocado qualquer limite para o número de geladeiras-estantes espalhadas na cidade. "A ideia é não burocratizar o processo. Quem quiser poderá pegar livros, trocar livros, abastecer de livros ou simplesmente ler no local. Pois o objetivo final será sempre a leitura", conta Ricardo Machado, secretário de Cultura.

Aqueles que estiverem interessados em fazer doações de geladeiras antigas e também de livros ao projeto Fome de Saber devem procurar o Centro Cultural Anderson Gigabyte, que fica na Praça do Jardim Esperança. Também é possível entrar em contato pelo telefone (22) 99922-0763. Todas as geladeiras são doadas e, em seguida, recicladas para que possam ser usadas pelo programa.

Os interessados em doar livros para o projeto podem escolher um dos quatro pontos de coleta. Eles ficam na Casa de Cultura José de Dome - Charitas (Avenida Nossa Senhora da Assunção, Centro); Biblioteca Walter Nogueira (na Avenida America Central, 200, São Cristóvão); Espaço Cultural Anderson Gigabyte (Praça do Jardim Esperança); Espaço Cultural de Tamoios (Centro Administrativo do Unamar Shopping).

Galeria de Fotos

Até o fim do ano, programa vai receber novas geladeiras, que serão instaladas em diversos pontos da cidade FOTOS divulgação
geladeira saquarema 1 divulgação

Comentários