Turismo do Rio precisa ser melhor explorado

Governo estadual intensifica ações para aumentar o número de visitantes e valorizar as vertentes turísticas de cada região

Por O Dia

Principal porta de entrada do Brasil em 2016, fomos visitados por 6,6 milhões de estrangeiros e destino mais procurado pelos turistas brasileiros, o Estado do Rio tem capacidade de aumentar ainda mais o número de visitantes recebidos a cada ano. Para tanto, é preciso explorar todas as vertentes turísticas das várias regiões do estado.

De acordo com Nilo Sergio Felix, secretário de Turismo do Estado do Rio, há forte potencial para incrementar o número de visitantes nos próximos anos. Porém, é preciso trabalhar adequadamente cada uma das regiões do estado. "Temos diversas modalidades turísticas. Hoje, temos o turismo de aventura, o gastronômico, o rural, o histórico, o ecoturismo. Nosso estado é privilegiado por ter tantas opções", destaca.

Para o secretário, apesar dos recursos escassos devido à crise, é possível encontrar soluções para aumentar o fluxo de visitantes no estado. Entre as ações, trabalhar na divulgação de roteiros próximos à cidade do Rio, como é o caso do programa Rio 3. "Ele visa apresentar os principais destinos turísticos que ficam a menos de três horas de viagem da Cidade Maravilhosa. Afinal, o turismo de curta distância é o que mais cresce no mundo, segundo a Organização Mundial de Turismo", exemplifica Felix.

Ainda segundo ele, outra ação é promover a indústria do artesanato, que está intimamente ligada ao turismo. Não à toa, a secretaria tem investido no Programa de Artesanato Estadual, de qualificação dos artesãos fluminenses somente em 2017, 9 mil profissionais foram atendidos. "O artesanato é um produto turístico importante. O turista que chega a qualquer parte do mundo, sempre procura levar para casa itens regionais do local visitado, leva sempre uma lembrancinha", ensina.

Galeria de Fotos

Entre os atrativos fluminenses, o turismo gastronômico, o de aventuras, o rural, o histórico e o ecoturismo Divulgação
Para o secretário Nilo Sergio Felix, o Estado do Rio tem potencial para crescer e receber cada vez mais turistas Sandro Vox / Agência O Dia
Quitandinha Petrópolis Divulgação
Cachoeira Sete Quedas Macaé Divulgação
Praia São Mateus Cabo Frio Divulgação