Detran oferece cursos para motoristas profissionais

Por O Dia

A legislação obriga que motoristas profissionais façam cursos de capacitação dentro do contexto das atividades que exercem. O Detran-RJ, com base na identificação de demandas principais, oferece tais conhecimentos de forma gratuita por meio da sua Escola Pública de Trânsito ou ainda através de parcerias com a Polícia Militar nos municípios do Estado. Segundo o órgão, a maior necessidade de prestação deste serviço é para a categoria de mototaxistas e motofretistas.

O motociclista profissional pode procurar o seu curso específico no portal do Detran (www.detran.rj.gov.br). O órgão abre por semana duas turmas, com 60 vagas ao todo. Há previsão deste atendimento ser dobrado a partir de novembro. Até setembro desde ano, já foram capacitados 643 profissionais. No site do departamento, também é possível consultar que municípios são contemplados com aulas na cidade, como Queimados, Três Rios, Barra do Piraí e Nova Friburgo, medida que visa facilitar a adesão.

Nas aulas, são abordados temas como primeiros socorros, direção defensiva, legislação, pontos de advertência, além de sessões especiais com psicólogos e cadeirantes da Operação Lei Seca, que foram vítimas de acidentes de trânsito. "O depoimento das vítimas possui grande impacto na conscientização dos alunos", conta um integrante da Coordenadoria Geral de Educação para o Trânsito.

Há razão para os motociclistas serem uma das maiores preocupações do Detran-RJ. Desde 2001, o número de motocicletas no estado saltou de 238,3 mil para quase 1,2 milhão, ou seja, é quase o quíntuplo em pouco mais de 15 anos. Em 2010, houve 2.869 acidentes envolvendo motos. Cinco anos depois, em 2015, esse número chegou a 4.756. Agora, o órgão verificou uma tendência de redução, com 4.368 colisões registradas no ano passado. Por isso, o foco maior nos cursos especializados para motoboys e mototaxistas em todo o estado.

Comentários

Últimas de Automania