Na Câmara, CCJ quer votar denúncia logo O Dia - Política e País
01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

Na Câmara, CCJ quer votar denúncia logo

Por O Dia

Entrou pela noite de ontem a sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para analisar o parecer que pede a rejeição da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. Os governistas adotaram a estratégia de esvaziar a sessão com o objetivo de garantir a votação do parecer do tucano Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) hoje.

Para acelerar a apreciação da denúncia na comissão, poucos governistas se inscreveram para discursar. Mesmo assim, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), encaminhou para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), um requerimento solicitando prazo de mais três sessões para o colegiado concluir a apreciação da admissibilidade da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer.