Promoção

Por O Dia

Na semana em que a PF visitou endereços de filhos e enteados do senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do Governo, o parlamentar foi alçado a mais um posto de referência do partido. Vai suceder o ministro Moreira Franco na presidência do Conselho Curador da Fundação Ulysses Guimarães. Investigado na Lava Jato, Jucá preside o PMDB e atua como ministro informal do governo Temer após ser apeado da chefia do Ministério do Planejamento. Além de Jucá e Moreira, presidiram a Fundação na última década o ministro Eliseu Padilha e o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), também alvos da Lava Jato.

Comentários