PSDB: INDIO EM APUROS

Por O Dia

Na reforma que fez na prefeitura por conta da votação do reajuste do IPTU, Marcelo Crivella (PRB) dizimou a participação do PSDB, o que pode prejudicar Indio da Costa (PSD) na costura de alianças para 2018. É que o secretário de Infraestrutura, que será apoiado por Crivella na disputa ao governo estadual, vinha pleiteando o apoio do PSDB. E, é claro, os tucanos não gostaram nada de perder a Secretaria de Assistência Social, o comando de Regiões Administrativas e cargos na Comlurb.

A retirada de espaço do PSDB e a concessão de secretaria e subsecretaria ao PMDB fizeram os tucanos ironizarem: "Parece que o Crivella está trabalhando pela eleição do Eduardo Paes (PMDB) em 2018".

Tratativas

Na quinta, antes de a reforma ser anunciada, Indio recebera em seu gabinete Sérgio Besserman (PSDB), potencial candidato ao Palácio Guanabara. Conversaram por quase duas horas.

Especialistas

Em 2018, Indio terá que enfrentar dois pesos pesados na formação de coligações: o presidente da Assembleia Legislativa, Jorge Picciani (PMDB), e Rodrigo Maia (DEM), que ocupa a influente presidência da Câmara dos Deputados. Ambos devem trabalhar unidos pela eleição de Paes ou Cesar Maia.

Mas...

Vale lembrar que, em 2016, Crivella (PRB) contava apenas com o apoio do PR. E deu no que deu.

Trio

Falando em PRB, PMDB e DEM, os três ensaiam aliança para 2018. A costura vem sendo feita por Eduardo Lopes (PRB), que assumiu como senador após a ida de Crivella à prefeitura. Nesta configuração, parte do PRB apoiaria o candidato do PMDB/ DEM ao governo. Em troca, Lopes receberia apoio para uma das vagas ao Senado serão dois eleitos. Quem não deve gostar nada disso é... Indio.

Serviço interrompido

Há um temor de que a Secretaria de Conservação e Meio Ambiente interrompa serviços como limpeza de bueiros, asfaltamento e manutenção de praças. O receio é partilhado por vereadores e pelo presidente da Associação das Empresas de Engenharia do Estado, Luiz Fernando Reis: "A média de orçamento na secretaria nos três últimos anos foi de R$39,2 milhões por mês. Este ano está em R$ 15 milhões", diz ele, lembrando que, ainda por cima, a prefeitura fechou os cofres no dia 25 de setembro.

Segue

Com a palavra, o recém-nomeado secretário Jorge Felippe Neto (DEM), que tomará posse amanhã: "O (ex-)secretário Rubens Teixeira me disse que a pasta solicitou R$ 33 milhões, dos quais R$ 5 milhões já foram liberados. Vamos aguardar o resto".

'Dubai me chama'

O Botafogo caiu na Libertadores e não se classificou para a final do Mundial, em Dubai. Mas o botafoguense Crivella viaja quarta-feira para a cidade dos Emirados Árabes.

Climatização

Das 1543 unidades escolares do município, 18% não contam com ar-condicionado. Célio Lupparelli (DEM) criou uma Frente Parlamentar para acompanhar o processo. Na gestão de Paes, a promessa era climatizar 100% das escolas em 2014.

Com moral

A caminho do Patriota, Flávio Bolsonaro (PSC) indicou o presidente estadual do partido e o secretário-geral no RJ.

Comentários