DOIS DEDOS DE PROSA

Por O Dia

Monique Benoliel, chef

"Nós aqui não desistimos, nós trabalhamos". É com essa energia que Monique Benoliel, que comanda o bufê Ateliê Benoliel - em parceria com o filho e chef Pedro -, apresenta seu novo projeto. É o espaço para festas Wedding Lounge, na Lagoa.

Fale sobre o novo empreendimento.

Nós estamos aqui na AABB Rio, na Lagoa, em um espaço de 1000 m². Vamos conseguir fazer todos os tipos de eventos para até 2 mil pessoas, com os serviços de gastronomia do Ateliê Benoliel.

O que te motivou a fazer este projeto?

Estamos em um processo de 25 anos de solidificação de mercado. Hoje, você tem carência muito grande de espaços com bons bufês no Rio de Janeiro. Hoje, os únicos locais bons são o MAM e o Copacabana Palace. Os demais, só levando bufê de fora, o que é um transtorno.

Este espaço está sendo aberto em um momento de crise. Como você encara isso?

Com a crise, tivemos um ano difícil, mas não demitimos ninguém. Nós acreditamos na virada. Eu e meu filho, Pedro Benoliel, deixamos de tocar coisas na vida pessoal para manter nossa equipe. Trabalhamos dobrado e voltamos com tudo. Estamos fechados até março com eventos.

Dê dicas para quem quer fazer um jantar romântico, mesmo com a crise.

Eu sempre digo que festa só faz quem pode. A vida tem várias prioridades. Eu amaria que todos pudessem viver de festa, mas não é a realidade. A melhor receita então é ser honesto com aquilo que se pode fazer, trabalhar dentro do que cada um pode.

E quanto aos casamentos... O que é preciso para ter uma boa festa sem excessos?

Para ter um bom coquetel, fazer um bom jantar, não precisa ter camarão, lagosta, caviar. Você pode ter o simples muito bem feito e muito bem apresentado.

Comentários

Últimas de Diversão