Por

O abraço de Patrícia Pillar na jovem - e talentosa - Bárbara Luz na exibição do filme 'Unicórnio', no Festival do Rio, foi mais que um afago. Era o símbolo de uma parceria que deu muito certo nas telonas. "Nosso diretor (Eduardo Nunes) encontrou essa grande atriz que é a Barbara, que faz a nossa protagonista Maria e a melhor tradução para este personagem", elogiou Patrícia.

Enquanto isso, mais agito no Festival. Desta vez, no lançamento de 'A Comédia Divina', de Toni Venturini, na Estação Net Botafogo, com Monica Iozzi e Murilo Rosa no elenco. Outra sessão movimentada foi a de 'Gabriel e a Montanha', do diretor Fellipe Barbosa e estrelado por João Pedro Zappa.

Você pode gostar
Comentários