'Meu objetivo era agradar o Sr. Renato'

Lucas Veloso, o Didico de 'Os Trapalhões', não se abala com as críticas nas redes sociais e diz que queria homenagear o ídolo

Por BÁRBARA SARYNE

Quando Lucas Veloso aceitou o desafio de reviver 'Os Trapalhões' no remake exibido pela Globo, ele sabia que por causa das comparações com a série original dificilmente seria elogiado. Intérprete de Didico no programa, o filho do humorista Shaolin disse "sim" ao produtor de elenco Luciano Rabelo por dois motivos: queria homenagear o ídolo Renato Aragão e aproveitou a oportunidade para fazer um trabalho com o mesmo propósito dos que foram feitos por seu pai, que morreu em janeiro do ano passado após cinco anos em coma.

"Não quero ser o segundo Shaolin, quero ser o primeiro Lucas Veloso. Sei que nunca vou ser tão bom quanto o meu pai, mas fico feliz em promover alegria", garante ele, que estreou em 'Velho Chico'.

Com 21 anos, Lucas esbanja maturidade. Sem medo das críticas, ele acertou em cheio quando imaginou, antes mesmo de o programa ser lançado no canal Viva, em julho, que seria difícil agradar ao público com a série renovada. Nas redes sociais, o humorístico foi criticado. "Todo mundo que faz uma conta em rede social vira juiz. O tipo de público que quero atingir é o que quer rir", diz ele. "Meu objetivo era agradar o Sr. Renato (Aragão) porque ele tem 40 anos nessa brincadeira de ser 'Trapalhão' e, se ele não gostasse, aí sim eu ficaria chateado", completa.

Lucas conta que o principal desafio foi entender, com a ajuda de Renato, o que é, de fato, o "espírito trapalhão". "É ser ingênuo, não enxergar maldade em tudo. As pessoas têm medo de serem ridicularizadas, de serem fracas", explica ele, ao revelar que agora é um trapalhão dentro e fora da TV. "Deixei a máscara do meu ego de lado, agora sou o que eu quero e sempre quis ser."

Comentários

Últimas de Diversão