BELAVENTURA O Dia - D Domingo
01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

BELAVENTURA

Por O Dia

Belaventura
Belaventura - Divulgação

CARMONA É AUDACIOSA. Depois que o pai dela, rei Otoniel, foi ferido em uma invasão, a princesa pode finalmente se tornar rainha. Ela ouve os conselhos da misteriosa Selena. Se aproveita que o reino está um caos, passa a perna no irmão, o príncipe Enrico, se apressa e se apresenta como futura rainha sentando no trono com a coroa real.

SEGUNDA

Tácitus coloca Carmona na cama e se levanta para sair, mas ela o segura e diz que não quer ficar sozinha. Carmona e Tácitus se beijam. Enrico e Pietra conversam com Elia e diz que querem uma cerimônia simples para o casamento. Selena está irritada e anda de um lado para o outro diante de Daros e diz que é um absurdo realizar o casamento do príncipe num momento como esse.

TERÇA

Enrico e Pietra estão espantados diante de Selena, assim como Otoniel, Accalon, Dulcinéa, Mistral, Elia e Bartolion. Selena argumenta que se Enrico se casar, Pietra em meio a uma guerra, será considerada a princesa da guerra, da miséria do povo, o que pode trazer de volta os boatos de que seria uma bruxa. Enrico segue firme na decisão e Bartolion pergunta se pode prosseguir. Severo passa por Cedric desacordado no chão, senta em seu trono satisfeito. Fernão questiona se era necessário. Severo diz que Cedric não está morto, mas não pode atrapalhar seus planos. Bartolion declara Enrico e Pietra como marido e mulher.

QUARTA

Ariela conversa com Tácitus e diz que Carmona gosta dele. Jacques pega a espada de Otoniel e aponta para o pai. Os soldados de Belaventura vencem os soldados de Valedo e protegem Jacques. Jacques ajuda Otoniel a se levantar. Jacques e Otoniel se deparam com Joniel, Fergau e alguns Errantes, impedindo que eles avancem. Os Errantes atacam a Vila. Gonzalo protege Brione e Tiana. Joniel diz a Severo que Otoniel não irá sobreviver.

QUINTA

Jacques consegue enganar os soldados e continua o caminho na direção contrária. Enrico conversa com Marion que está presa na torre. Enrico pede à Marion que conte tudo que sabe sobre os planos de Severo e a ameaça com um castigo em público. Carmona está irritada diante de Páris e Corinto. Ela culpa Pietra por ter que ficar no palecete de Páris e obedecer às ordens de Enrico. Arturo diz à Leocádia que foi ele quem matou Otoniel e ela o repreende. Accalon pressiona Falstaff a revelar o que fizeram com as mulheres que engravidavam. Fernão bate em Falstaff que permanece em silêncio.

SEXTA

Carmona se levanta do trono, usando uma coroa, diante do olhar estarrecido de Enrico e diz que está no comando. Enrico reprova. Carmona e Enrico se encaram. Tácitus está irritado diante de Páris que fica sabendo que Carmona voltou ao castelo. Dulcinéa conversa com Pietra e orienta que ela pode ser considerada usurpadora, caso aceite assumir ser de Prestedourado. Enrico conversa com Mistral e diz que unir Belaventura com Prestedourado evitaria que um mal maior aconteça.