No Teleton, vale tudo para aumentar a arrecadação

Por O Dia

Às vésperas de todo Teleton sempre existe a expectativa do quanto e com quem poderão colaborar as emissoras concorrentes do SBT.

O próximo, no ar entre os dias 27 e 28, não vai fugir à regra do que aconteceu nas edições anteriores. A Globo, sem permitir divulgação antecipada de qualquer nome, deve liberar um total de quatro artistas, um já conhecido, Tiago Abravanel, e outros que serão surpresas de última hora.

Record, em linha parecida, já autorizou quatro contratados, sem fazer segredo de quem são. Desta vez, como escolhidos, Gugu Liberato, Sérgio Marone, Ticiane Pinheiro e Marcos Mion.

Da RedeTV! já foi confirmada a presença do pessoal do 'Encrenca' e, da Band, porque alguém da sua direção ainda guarda mágoa e ressentimentos pela saída do Danilo Gentili, ninguém. Triste.

Tanto o Teleton quanto o Criança Esperança têm que ser vistos como causas maiores, acima de qualquer ocasião para fazer pirraça a quem quer que seja.

E também é oportuno lembrar, a todos que dele participam, profissionais do SBT e os de fora de lá, que a arrecadação é o único fator a ser divulgado. Audiência jamais. Até por se tratar de um evento acima de qualquer emissora.

Comentários

Últimas de DMulher