Correios aceitam acordo e greve acaba

Por O Dia

A greve dos Correios no Rio e em São Paulo foi suspensa. Ontem, trabalhadores nos dois estados aprovaram o acordo proposto na quarta-feira pelo Tribunal Superior do Trabalho. Os funcionários estavam em greve desde 19 de setembro. A categoria queria 10% de reajuste nos benefícios, aumento de R$ 300 no salário. A empresa ofereceu 3% de correção de salários e benefícios. O vice-presidente do TST, ministro Emmanoel Pereira, propôs reajuste de 2,07% retroativo a agosto, compensação de 64 horas e desconto dos demais dias parados.

Comentários

Últimas de Economia