ESTÁVEL NO RIO

Por O Dia

O Custo Unitário Básico (CUB) se manteve estável em setembro, com mínima variação percentual no mês, ainda que tenha registrado alta em 11 dos 25 insumos pesquisados, em sua maioria também baixas. Por outro lado, houve pequena deflação em itens significativos, caso do cimento, do concreto e do vidro. Nove insumos não apresentaram variação percentual. O CUB Representativo aumentou 0,03%. A construção civil é a única indústria que produz, por lei, seu próprio indicador de preços. Por meio do CUB, obtém-se a Certidão de Visto Fiscal, documento indispensável para o cálculo do valor do ISS (Imposto Sobre Serviço) e que parametriza o cálculo do recolhimento da Previdência Social.

Comentários