Bons motivos para crer no sucesso do tratamento

Tamanho e localização do tumor aumentam chances da recuperação, sem comprometer o rim de Roger

Por O Dia

Diagnosticado com um tumor renal, Roger recebeu uma boa notícia após uma nova bateria de exames. Localizado no rim direito, o cisto mede 3cm. O tamanho do tumor e a localização aumentam a chance de recuperação após a intervenção cirúrgica, sem comprometer o funcionamento do órgão. A informação foi antecipada pelo blog do jornalista Jorge Nicola, do site 'Yahoo'.

Em tratamento, Roger não jogará mais em 2017. Com o resultado os exames em mãos, o atacante será operado em breve. Com apenas mais dois meses de contrato, ele está nos planos do técnico Jair Ventura e já discute a prorrogação do vínculo por mais uma temporada. O presidente Carlos Eduardo Pereira garantiu que a recuperação do atacante é prioridade.

"A nossa principal preocupação é com saúde. Nosso departamento médico está dando total cobertura. Estamos 100% do tempo voltados para o diagnóstico preciso. Temos ainda muitas esperanças de que a massa encontrada num dos rins do Roger seja benigna e ele possa estar tranquilo para trabalhar no ano que vem. O objetivo é esse: apoiar a família e o jogador", disse.

Artilheiro do Botafogo no ano, com 17 gols em 49 partidas, Roger descobriu o tumor após realizar avaliações de rotina. A causa de suas dores lombares era uma pedra no rim esquerdo, mas o exame de imagem apontou um pequeno cisto no rim esquerdo. A notícia chocou o Brasil.

Familiares, companheiros de trabalho no Botafogo, admiradores e adversários se uniram em uma só corrente de apoio ao atacante. No jogo contra o Bahia, no domingo, Roger recebeu uma série de homenagens no Nilton Santos. Comovido, agradeceu todo o carinho e, com fé no sucesso do tratamento, promete voltar mais forte em 2018.

Diretoria não descarta Montillo

Caso Montillo desista da aposentadoria, as portas do Botafogo estarão abertas para o argentino em 2018. Foi o que revelou ontem o presidente Carlos Eduardo Pereira durante um evento de captação de patrocínios para a próxima temporada.

"Montillo é um grande jogador, infelizmente não foi possível contar com ele na plenitude em 2017, mas deixou todas as portas abertas no Botafogo. Nossa relação é muito boa e se for o momento de retomar o diálogo para 2018 será um prazer conversar. Quem sabe?", disse o dirigente.

Em ritmo de pré-temporada no Rio, Montillo deixou o histórico de lesões musculares para trás nos últimos meses, principal motivo para o anúncio da aposentadoria, em junho. Recuperado, o argentino tem treinado de segunda a sábado. Feliz com o desempenho, admite voltar e prioriza o Botafogo.

Galeria de Fotos

Roger retornou aos treinos terça-feira. O atacante quer voltar a jogar nas últimas duas rodadas do Brasileiro Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Curado e em evolução física, Montillo quer voltar Satiro Sodré/SSPress/Botafogo

Comentários

Últimas de Esporte