Ótimo retrospecto, mas com respeito

Em nove jogos, Arão só perdeu um para o Flu, porém não se ilude

Por O Dia

Willian Arão só perdeu uma vez para o Fluminense, em nove confrontos venceu e empatou na mesma proporção: quatro vezes. No discurso, porém, ele se alinha ao técnico Reinaldo Rueda. Ao pregar respeito ao adversário de amanhã, às 17h, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro 22 mil ingressos foram vendidos até ontem , o volante ignora o momento ruim do rival, que não vence há cinco rodadas. A exemplo do treinador colombiano, o jogador evoca a força histórica do Tricolor no clássico. Um poder que ele mesmo ainda não experimentou.

"Eu cresci sabendo que em clássico tudo muda. Vamos esperar uma partida muito difícil, um rival forte", disse Arão, para quem é preciso pensar primeiro neste duelo e na sequência do Brasileiro do que nos confrontos contra o Fluminense pelas quartas de final da Sul-Americana.

Dos 16 gols que Willian Arão tem com a camisa do Flamengo, três foram marcados contra o Fluminense. O bom retrospecto, no entanto, não é capaz de apagar o momento ruim vivido pelo time, tanto de desempenho como de resultados. Por isso, Arão enalteceu o trabalho realizado nestes dez dias sem jogar: "O professor vem analisando tudo o que pode. Ele tem testado o que pensa. Não sabemos quem vai poder jogar. Vamos colocar tudo o que o Rueda vem pedindo nestes dez dias. É bom para nós termos este tempo para trabalhar. Fizemos uma boa semana."

Willian Arão afirma que conversou na segunda-feira e no domingo com Diego, que corre contra o tempo para participar do clássico. Ontem, porém, não se encontrou com o meia no CT. Por isso, não sabe como está a evolução da recuperação do camisa 35, lesionado na coxa esquerda. Everton Ribeiro será o titular.

Comentários

Últimas de Esporte