FIFA INVESTIGA O DONO DO PSG

Por O Dia

A comissão de ética da Fifa abriu investigação contra o presidente do Paris Saint-Germain e diretor executivo da rede de TV Bein Sports, o catari Nasser Al-Khelaifi, por possível fraude na compra dos direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2026 e 2030. Segundo o jornal 'L'Equipe', ele teria oferecido uma vila no sul da Itália, de valor estimado de 7 milhões de euros (R$ 25,9 milhões), a Jérôme Valcke, ex-secretário geral da Fifa e afastado do cargo por corrupção, para permitir que a emissora transmitisse o torneio em alguns países. Valcke, entretanto, negou as acusações: "Refuto o que foi dito contra mim ou Nasser. Nunca recebi nada de Nasser, posso garantir a vocês."

Comentários

Últimas de Esporte