NUNCA FOI TÃO FÁCIL

Por O Dia

Renato Gaúcho (foto) preconizou que o Corinthians não manteria o ritmo do turno e desabaria. Acertou na mosca. O que ele não adivinhou foi que os outros também cairiam de produção. O seu Grêmio, por exemplo, apontado como dono do melhor futebol no início do campeonato, se agarra às paredes, tonto e trôpego. Só na rodada do meio de semana, enquanto o Corinthians vencia o Coritiba por 3 a 1, embolsando mais três pontos, os demais derrapavam, deslizando na própria incompetência. O Grêmio perdeu, Santos, Palmeiras e Flamengo empataram e só o Cruzeiro, jogando livre de pressões depois do título da Copa do Brasil, venceu. Faltando 11 rodadas, incluindo a que está em progresso, a conclusão é que o Corinthians poderá se sagrar campeão estabelecendo um recorde na antecipação do título e na volta olímpica até hoje em poder do São Paulo de 2007 e do Cruzeiro de 2013, campeões na 34ª rodada, a quatro da bandeirada final. A costureira acelera as faixas.

Comentários

Últimas de Esporte