Vasco tenta fazer a trinca no Brasileiro

Em bom momento na competição e de olho em vaga para a Libertadores da América, time busca a terceira vitória seguida

Por O Dia

O Vasco terá amanhã, no Serra Dourada, diante do lanterna Atlético-GO, a missão de vencer três jogos seguidos pela primeira vez neste Brasileirão para manter a meta de brigar na parte de cima da tabela. Até agora, o time só conseguiu vencer duas partidas consecutivas em três ocasiões no campeonato. Em oitavo lugar, com quatro pontos a menos do que o Flamengo, o sétimo, a equipe cruzmaltina sonha com a Libertadores.

O bom momento após a vitória no clássico por 1 a 0 sobre o Botafogo motiva o Vasco. A atual fase é atribuída pelo volante Wellington à chegada do técnico Zé Ricardo.

"Nunca fui um atleta que faz só o que o treinador pede, e o Zé entende muito bem isso. Ele sabe tirar o algo a mais dos jogadores. Fico muito feliz de trabalhar com mais um treinador acima da média no futebol brasileiro. O Vasco ganhou (com a chegada do treinador), é um cara de boa índole, caráter, respeitoso, trabalhador. No futebol, você acaba encontrando pessoas que não têm essas qualidades por se corromper, e o Zé é integro, com postura diferenciada, tem que ser elogiado", afirmou Wellington.

Emprestado pelo São Paulo até o fim da temporada, Wellington também comentou a possibilidade de permanecer em São Januário: "É difícil falar sem ter a resposta do clube. Tenho contrato com o São Paulo até outubro do ano que vem. Quero primeiro fazer o trabalho aqui, deixar o clube na Libertadores, para depois ver se é melhor para o Vasco ter ou não o Wellington. Falta ainda um pouco mais de entrega, dedicação, para chegar no fim do ano e ter esse poder de escolha."

JEAN É DESFALQUE

Para o jogo de amanhã, Zé Ricardo não poderá contar com Jean, suspenso pelo terceiro amarelo. Andrey e Bruno Paulista são as opções.

Comentários

Últimas de Esporte