Torcedores rompem a lua de mel com o Botafogo

Após empate com o Avaí, grupo vai ao aeroporto cobrar empenho do time e vaga para a Libertadores vira obrigação

Por O Dia

Como em toda relação de amor, uma hora é preciso discuti-la. E a torcida do Botafogo está de mal com o time, diferentemente do que vinha acontecendo ao longo do ano, com os alvinegros sempre de mãos dadas com os jogadores, principalmente durante a Libertadores. Ontem, um grupo de aproximadamente 15 torcedores foi ao Aeroporto Internacional Tom Jobim cobrar empenho após o empate em 1 a 1 com o Avaí. O gerente de futebol Antônio Lopes, primeiro a desembarcar, foi o principal alvo.

A torcida, no entanto, não fala apenas com o coração. A razão, em forma de números, mostra um desempenho irregular contra times que não ocupam a parte de cima da tabela. Em 12 confrontos com os dez times da parte baixa da classificação, foram três vitórias, quatro empates e cinco derrotas, um aproveitamento de apenas 36,1%.

"Nós perdemos 18 pontos para Avaí, Vitória, Coritiba e São Paulo. Não pode! Ninguém vai me convencer no mundo que o Botafogo não tem time para ganhar do Avaí", disse um torcedor. "Só queremos postura de time grande, não estamos satisfeitos. A torcida do Botafogo só fica satisfeita se o time for campeão", completou outro.

Lopes chegou a ficar irritado com a abordagem dos torcedores e pediu calma para tentar dialogar, principalmente quando foi interpelado sobre as contratações. "Eu quero ouvir vocês, mas se não falarem baixo, eu vou embora", afirmou Lopes, que foi sucinto ao responder sobre reforços para a próxima temporada: "Estamos tentando".

Entre os jogadores, Bruno Silva e Victor Luís foram abordados, mas não dialogaram muito com os torcedores. Preferiram conversar com a imprensa e adotaram um tom comedido, principalmente sobre as cobranças com relação à classificação para a Libertadores o Botafogo, hoje, estaria na fase qualificatória.

"Jogar em time grande é assim mesmo, tem cobrança, é natural. Mas da mesma maneira que eles querem a classificação para a Libertadores, nós também queremos. E nós vamos lutar para isso. A torcida é apaixonada e realmente nós ficamos devendo nos últimos jogos", disse Bruno Silva.

Um torcedor mais exaltado fez uma cobrança em tom de ameaça: "Estamos vendo uma vaga na Libertadores que está indo embora. Se não for para a Libertadores, vai dar m..."

Segunda-feira, o Botafogo volta a campo, no Estádio Nilton Santos, contra o Corinthians, líder do Brasileiro, e só uma vitória reconciliadora será capaz de amenizar os corações alvinegros.

Galeria de Fotos

Protesto da torcida do Botafogo reprodução de video
Lopes pede ordem: 'Quero ouvir vocês, mas vocês têm que falar baixo' Reprodução / Facebook Torcida Jovem do Botafogo

Comentários

Últimas de Esporte