Por

ModestoRoma Junior, presidente do Santos, errou duas vezes: quando atendeu a torcida e demitiu Levir Culpi e depois quando voltou atrás, pressionado pelos jogadores.

Você pode gostar
Comentários