Fogão segura o Galo: 0 a 0

Em briga direta pela vaga na Libertadores, Glorioso traz pontinho precioso de BH

Por O Dia

Rafael Moura disputa a bola com Arnaldo: a defesa do Botafogo resistiu bem à pressão no Independência
Rafael Moura disputa a bola com Arnaldo: a defesa do Botafogo resistiu bem à pressão no Independência - Bruno Cantini / Atlético MG

Na corrida por uma vaga na Libertadores, todo ponto é valioso. Esse é o balanço do Botafogo no empate em 0 a 0 com o Atlético-MG, no Independência. Num duelo direto e marcado pelas raras chances de gol, o Glorioso suportou a pressão do Galo nos minutos finais para garantir o precioso ponto. Com 48, o Botafogo subiu para o quinto lugar, porém, pode ser ultrapassado pelo Cruzeiro, que enfrenta hoje o Palmeiras, em São Paulo.

Sem Rodrigo Lindoso e Marcos Vinícius, suspensos, o técnico Jair Ventura minimizou os desfalques com a presença de Bruno Silva, recuperado de uma conjuntivite. Enquanto o torcedor contava com a escalação de Leo Valencia no lugar do apoiador suspenso, Jair surpreendeu ao improvisar Gilson no meio.

A aposta não surtiu efeito no setor de criação. O Botafogo até tomou a iniciativa no começo do jogo, superando o susto na finalização de Otero, que parou na difícil defesa de Gatito com os pés. A resposta veio na cabeçada de Brenner sobre o gol de Victor.

O Galo voltou melhor no segundo tempo. Pelo lado de Arnaldo encontrou o atalho para ameaçar. No entanto, a grande chance foi do Botafogo. Do bom cruzamento de Arnaldo, Pimpão ajeitou a bola para Guilherme driblar Marcos Rocha e fuzilar Victor, que fez bela defesa.

Com a boa marcação sobre Robinho e Valdívia, os donos da casa apostavam na bola área. A entrada de Rafael Moura aumentou a pressão. De fora da área, ele acertou um chute rasteiro na trave. O Botafogo resistiu ao 'chuveirinho' até os 49 minutos e comemorou o valioso ponto. "Não dá para não dizer que foi bom. Depois de uma vitória em casa, o empate fora não fica ruim", disse João Paulo.

Galeria de Fotos

Abel e jogadores antes do treino MAILSON SANTANA/FLUMINENSE
Principal contratação do Botafogo para o segundo semestre, Valencia ainda não conseguiu se firmar no time Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Rafael Moura disputa a bola com Arnaldo: a defesa do Botafogo resistiu bem à pressão no Independência Bruno Cantini / Atlético MG

Comentários

Últimas de Esporte