Cariocas torcem pelo Grêmio na Libertadores

Contra o Barcelona, gaúchos têm apoio de Bota, Fla e Vasco por um possível G-8

Por O Dia

O Grêmio encara hoje, às 21h45 (de Brasília), na Arena do Grêmio, o Barcelona de Guaiaquil pela segunda partida da semifinal da Copa Libertadores. Depois de vencer por 3 a 0 no Equador, o tricolor gaúcho pode perder por até dois gols de diferença para garantir, pela quinta vez, uma vaga na decisão do torneio continental.

Quem reforça a torcida gremista são Botafogo, Flamengo e Vasco, que estão na briga por uma vaga na Libertadores do ano que vem. Isto porque, se o Grêmio for campeão, o G-7 do Campeonato Brasileiro passaria a ser G-8, aumentando as chances de o trio estar no torneio em 2018.

Se depender do desempenho dos gaúchos em casa, na Libertadores, os cariocas podem se animar. São cinco vitórias em cinco jogos e 14 gols feitos, média que três por partida. Por outro lado, o Barcelona já eliminou Palmeiras e Santos jogando como visitante, além de ter vencido o Botafogo, no Engenhão, ainda na fase de grupos.

"Muitos disseram que já estamos classificados, mas não concordo com isso. O Barcelona mostrou sua força contra Santos e Palmeiras. É lógico que temos uma boa vantagem, mas não vamos entrar em campo com o regulamento debaixo do braço", disse o técnico Renato Gaúcho.

Maior ídolo da história do clube, Renato foi campeão da Libertadores pelo Grêmio nos tempos de jogador, em 1983. Agora, ele busca seu primeiro título da competição como treinador e o terceiro do tricolor gaúcho.

"O título para mim é muito importante, principalmente se tratando de uma competição internacional. É sempre uma grande afirmação para o treinador", completou.

Comentários

Últimas de Esporte