Entradas para os museus do Vaticano continuam sendo uma das grandes fontes financeiras da Santa Sé, assim como os direitos de reprodução de suas obras

Por O Dia

Roma - ?O Vaticano decidiu abençoar um futuro musical com efeitos especiais de nove milhões de euros dedicado à Capela Sistina, em troca dos direitos autorais cujo montante não foi revelado.

Coletiva de imprensa apresentou o projeto do aguardado musicalAFP/Andreas SOLARO

As entradas para os museus do Vaticano - cujo ponto forte é o afresco do 'Juízo Final' de Michelangelo, na Capela Sistina - continuam sendo uma das grandes fontes financeiras da Santa Sé, assim como os direitos de reprodução de suas obras.

O Vaticano apresentou neste fim de semana o espetáculo de uma hora, que estreará dentro de cinco meses, em 15 de março, em um auditório de Roma, próximo ao Vaticano.

O show, de 60 minutos, e que estará em cartaz ao menos um ano, ganhará o nome de 'O juízo final, Michelangelo e os segredos da Capela Sistina'. A ideia é que o espetáculo leve seus espectadores a conhecer a gênese da obra, diz seu criador, Marco Balich, que projetou uma infinidade de aberturas para os Jogos Olímpicos.

Musical une tradição e inovação

O espetáculo 'O Juízo Final, Michelangelo e Os Segredos da Capela Sistina' consistirá na projeção de imagens em alta definição da Capela Sistina, que ganharão animação com um ligeiro movimento, em uma enorme tela de 270 graus.

Mas também haverá no espetáculo a participação de intérpretes reais. E também haverá em sua trilha sonora uma música composta pelo roqueiro britânico Sting.

O monsenhor Dario Edoardo Vigano, à frente do Ministério do Vaticano encarregado de Mídia e Comunicação, destacou o valor pedagógico do espetáculo, principalmente no que diz respeito às gerações mais jovens.

Para a diretora dos museus do Vaticano, Barbara Jatta, o show representa "uma síntese entre tradição e inovação".

Vinte mil pessoas de todo o mundo visitam a famosa Capela Sistina todos os dias. O espetáculo dará a oportunidade a todos esses visitantes de ver anjos, demônios, apóstolos e profetas de perto, em primeiro plano.

 


Últimas de _legado_Notícia