Suspeito de terrorismo é morto na França

Homem matou a facadas duas mulheres em Marselha

Por O Dia

Após o ataque, estação foi evacuada e sistema de trens suspenso
Após o ataque, estação foi evacuada e sistema de trens suspenso - BERTRAND LANGLOIS / AFP

Um homem suspeito de terrorismo foi morto por policiais após esfaquear e matar duas mulheres na estação de trem de Saint-Charles, em Marselha, na França. O ataque ocorreu às 13h45 (8h45, hora de Brasília). Segundo autoridades francesas, testemunhas disseram que o criminoso gritou 'Allahu Akbar' (Deus é grande) antes de atacar a primeira vítima.

Conforme a polícia, o homem aparentava ter entre 25 e 30 anos e não carregava documentos de identificação. Testemunhas contaram que o criminoso tirou uma faca da manga da camisa e atacou as duas mulheres. Uma delas foi golpeada no estômago e a outra na garganta. Elas tinham 17 e 20 anos.

Após o ataque, o homem foi morto por militares que fazem parte da operação Sentinelle, que atua na repressão ao terrorismo na França. A estação de Saint-Charles foi evacuada e o serviço de trens foi suspenso. O departamento antiterrorista do Ministério Público francês investiga o caso.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência