Morre mais uma criança de creche incendiada

Tragédia deixou dez mortos. Nove crianças seguem internadas em estado grave

Por O Dia

Subiu para dez o número de mortos no ataque a uma creche em Janaúba, no interior de Minas Gerais, quando o vigia Damião Soares dos Santos ateou fogo no próprio corpo e nas crianças, na quinta-feira. A última vítima fatal foi a menina Thallyta Vitória de Oliveira Barros, de 4 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu ontem de manhã, no hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Ao todo, morreram oito crianças, uma professora e o próprio vigia.

Ao todo, 27 pessoas seguem internadas. Nove crianças ainda estão em estado grave. Outras 16 crianças receberam alta, ontem de manhã, dos hospitais de Montes Claros e Janaúba. Com idades entre 1 e 5 anos, elas estavam hospitalizadas com intoxicação por inalação de fumaça. Uma professora permanece internada no Hospital Regional em Janaúba. O estado de saúde dela é estável.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) abriu três inquéritos e um procedimento para investigar o incêndio. Uma das apurações tem o objetivo de verificar se o vigia tinha problemas psicológicos. Na cozinha da creche, ele jogou álcool e ateou fogo em uma funcionária. Depois, incendiou duas salas de aula.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência