Terrorista capturado

Por O Dia

Na tentativa de escapar da crise política, Trump anunciou à tarde que as forças especiais capturaram um homem relacionado ao ataque à missão diplomática dos EUA na cidade líbia de Benghazi, em 2012. "Sob minhas ordens, as forças americanas capturaram Mustafa al-Imam na Líbia", afirmou.

O ataque, que provocou a morte do embaixador Chris Stevens e de outros três funcionários americanos, foi usado pelos republicanos para criticar a então secretária de Estado, Hillary Clinton.

Em 11 de setembro de 2012, grupos radicais iniciaram ataque contra a missão diplomática americana em Benghazi. Essa cidade havia sido um reduto para os grupos rebeldes que apoiaram os bombardeios realizados por forças da Otan para derrubar Muammar Kadhafi.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência