Trangêneros liberados

Por O Dia

Uma juíza federal americana bloqueou ontem a decisão de Trump de proibir o recrutamento de militares transgêneros. A juíza Colleen Kollar-Kotelly, do tribunal do Distrito de Washington, ordenou um "retorno ao status quo", isto é, a continuidade de medida adotada pelo presidente Obama que determinava que transgêneros podiam ser aceitos nas fileiras militares a partir de julho de 2017. O governo Trump vetou o decreto em agosto.

A juíza considerou que o anúncio da nova política afetou os autores da ação, alguns dos quais sentiram depois desta declaração uma clara diferença na maneira como eram tratados.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência