01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

Tiroteio e apreensões na Cidade de Deus

Mais de 5 mil alunos ficaram sem aulas

Por O Dia

Em mais um dia de operação policial na Cidade de Deus (CDD), o Bope apreendeu ontem, um fuzil, munição, dois rádios comunicadores e drogas na comunidade. Por conta do intenso tiroteio na região, 19 unidades escolares fecharam as portas, deixando 5.101 alunos sem aula. As incursões se tornaram frequentes desde sexta-feira, por conta da morte do 105º policial neste ano.

O sargento do Bope, Adilson Ferreira Riça Filho, 40 anos, estava de folga quando foi rendido por criminosos, que seriam da Cidade de Deus, e teriam o reconhecido. O corpo foi encontrado dentro de um condomínio na Rua Paulo Moreira da Silva, na Taquara. O Disque Denúncia (98849-6099) oferece R$ 5 mil de recompensa para informações sobre os assassinos do militar.

Perto da Cidade de Deus, na Avenida Arroio Fundo, policiais da 42ª DP (Recreio) apreenderam quase uma tonelada de maconha na noite de segunda-feira. Os 885 tabletes da droga estavam camuflados em meio a sacos de entulho em um terreno baldio. De acordo com a Polícia Civil, o material foi encontrado após uma denúncia anônima.

Ainda na segunda-feira, um suspeito e um policial militar ficaram feridos durante um confronto na Cidade de Deus. De acordo com o 18º BPM (Jacarepaguá), PMs do batalhão foram ao local para auxiliar a UPP da comunidade, mas foram recebidos a tiros por criminosos na localidade conhecida como Quadras. Uma pistola foi apreendida com o suspeito. O policial ferido na mão foi levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.