POLÍCIA INVESTIGA SE MULHER MORREU POR CAUSA DE CORONHADA DE PM

Por O Dia

Policiais da 32ª DP (Taquara) investigam as circunstâncias da morte de Marisa de Carvalho Nóbrega, 48 anos, na manhã de segunda. Segundo familiares, a mulher teria levado coronhada de policiais do Bope, no sábado, ao tentar impedir que o filho de 17 anos fosse abordado pelos militares na Cidade de Deus. Marisa foi encaminhada ao Hospital Salgado Filho, no Méier, com traumatismo craniano e não resistiu.

Segundo o filho de Marisa, Tauã de Carvalho Nóbrega, o enterro da mãe, que seria na tarde de ontem, no Cemitério do Pechincha, foi interrompido por policiais e o corpo foi encaminhado ao IML para ser examinado. A PM não respondeu até o fechamento desta edição.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro