Ataque a bar de Duque de Caxias deixa três mortos e feridos

Suspeitos passaram atirando de um carro na Estrada do Calundu, na tarde de ontem

Por GUSTAVO RIBEIRO

Três pessoas morreram e pelo menos uma ficou ferida depois que criminosos passaram de carro atirando contra um bar na Estrada do Calundu, em Duque de Caxias, ontem à tarde, segundo o delegado titular da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), Giniton Lages. Já a PM informou que seis homens ao todo foram baleados, sendo que dois morreram no local e um no hospital.

A via estava movimentada no momento do ataque. Os suspeitos fugiram. De acordo com a Civil, Thiago Lessa de Melo e um homem não identificado morreram no local. Nivaldo José Batista, 65 anos, e Nicolas Henrique de Oliveira Teixeira, 33, foram atendidos no Hospital Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo, em Caxias, mas Nivaldo não resistiu. Eles não tinham anotações criminais.

A Polícia Civil fez perícia no local do crime e um inquérito foi instaurado. Testemunhas disseram que os homicídios foram provocados por traficantes de Belford Roxo que tentam tomar o controle da venda de drogas na região e, para isso, queriam exterminar milicianos. A polícia não confirmou se as vítimas atuavam em milícia. Outras pessoas disseram que os baleados não tinham envolvimento. "Desceram dois 'gansos' de AK 47 de um Peugeot branco e abriram fogo contra o bar. Covardia pura", contou uma moradora, que preferiu não se identificar.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro