Cabral é condenado a mais 13 anos

Por O Dia

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) foi condenado ontem, pela terceira vez na Lava Jato. O juiz Marcelo Bretas sentenciou mais 13 anos de reclusão pelo crime de lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Mascate. Somadas as sentenças, Cabral tem 72 anos de prisão para cumprir, se as penas forem mantidas. Ontem a tarde, o ex-presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Carlos Arthur Nuzman, foi solto. Ele estava preso há 15 dias e conseguiu liberdade pelo Superior Tribunal de Justiça, que manteve apenas medidas cautelares.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro