Funcionários protestaram

Por O Dia

Durante audiência na Câmara ontem, profissionais da saúde fizeram protesto por melhores condições de trabalho. Do lado de fora teve confronto com a PM, que impediu um grupo de entrar no plenário. Os militares usaram jatos d'água e bombas de efeito moral. A audiência chegou a ser interrompida por uma hora e, depois, senhas foram distribuídas para acesso à Câmara.

"Estamos vivendo a maior crise que já passei. Quando era residente, até maio, não faltava nada. É muito triste não conseguir fazer um atendimento por falta de medicamentos", disse a médica Mariana Zau, da Clínica da Família de Olaria.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro